Monólogo do Vaqueiro ou Auto da Visitação

A 7 de Junho (Terça-feira) de 1502, é apresentada na câmara da rainha D. Maria, no velho Palácio de Alçacova, a peça denominada de Monólogo do Vaqueiro, também conhecida por Auto da Visitação. Apresentada à família real portuguesa, numa data particularmente festiva, marcada pelo nascimento do príncipe João, (futuro D. João III), este monólogo contém uma interpretação do ritual da "visitação". Assim se designavam as visitas que os rendeiros faziam ao seu senhor, especialmente no dia de Natal, para lhe oferecerem presentes. É neste sentido que o mobólogo do Vaqueiro constitui uma visitação.

Terá tido como espectadores a rainha, o rei, a rainha Velha Dona Lianor, a infanta D. Beatriz (mãe do rei), e a Duquesa de Bragança. Um vaqueiro irrompe na sala e fascinado perante a beleza daquele lugar, apresenta os seus companheiros e respectivos presentes. Os seus companheiros carregam as ofertas (leite, ovos e queijos) para oferecer ao príncipe recém-nascido.

[CiTi][Página Principal][Temas da Cultura]